pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Professor Nelson Pretto, da UFBA, fala sobre “Redes (tecnológicas ou não) de acolhimento e aprendizagens” em webinário da Smed

14 de dez de 2020 - Jornalismo

A Secretaria Municipal da Educação (Smed), através da Diretoria Pedagógica (Dipe), realizou na quarta-feira (9), webinário com o tema: “Redes ( tecnológicas ou não) de acolhimento e aprendizagens”. O objetivo foi motivar uma reflexão sobre o momento atual de distanciamento dos alunos e professores provocados pela pandemia com foco do uso da tecnologia como estratégia pedagógica.

Mediado pela gerente de currículo da Smed, Edna Rodrigues, o encontro teve participação de Nelson Pretto, professor titular e ativista da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e membro da Academia de Ciências da Bahia. Na palestra, ele falou sobre os desafios enfrentados neste período de pandemia e como a tecnologia tem sido mais que importante neste momento .

“Eu fico muito honrado em estar aqui com meus colegas professores e professoras, pois a gente precisa entender que esse é um momento especial de acolhimento, de solidariedade. Então, não podemos, em hipótese alguma, pensar em educação desvinculadas de todas essas situações. Nós vamos falar de coisas específicas, como usar tecnologia, das possibilidades que a gente tem, do que que podemos fazer ao longo desse tempo inteiro, mas se não tivermos definido claramente esse leito por onde vamos conversar nada vai adiantar, porque quem imaginar que educação é meramente uma questão técnica está profundamente enganado, todos vocês que estão aqui presentes sabem que educação é um ato político”, disse.

O professor ressaltou a importância da internet como uma forma de fortalecer as culturas locais. “A educação tem essa função de promover o forte diálogo entre a cultura estabelecida, a ciência e os saberes locais. Por isso no dia da inauguração da implantação da internet na Escola Novo Marotinho em 1994, levamos uma intelectual política, uma mãe de Santo e uma professora leiga da região, pois esses diálogos são absolutamente centrais para a formação da cidadania e hoje tudo isso está potencializado pela tecnologia”.

Pretto ainda trouxe para o debate a integração das famílias de classe média que estão aderindo a rede municipal e que dessa forma vai ser mais fácil trabalhar os temas sobre todo tipo de intolerância, nem que seja através das redes. “Por enquanto vamos ter que realizar esses debates pelas redes, de forma muito mais intensa, não podemos aceitar um país mais racista, mais xenófobo, intolerante e que não respeita as diferenças. Isso é papel da escola, dos professores fazerem, além de intensificar o debate sobre a questão ambiental e esse é o momento central para debatermos esses assuntos”.

Para finalizar, o professor Nelson destacou a necessidade de fazer educação com um olhar mais voltado à formação do aluno. “Não podemos deixar de fazer educação, pois acima de tudo temos que considerar educação um ato afetivo, um ato de contágio, um ato de aproximação e acolhimento. Menos preocupados com conteúdo e sim com mais informação, então precisamos trabalhar para que essa rede não morra e tem que ser fortalecida para ajudar a pensar como vamos enfrentar esse problema”.

O webinário está disponível no Canal da Smed no Youtube e já contabiliza mais de 7,4 mil visualizações. Clique no link abaixo para acessar:
https://www.youtube.com/watch?v=-31aCcCwl_Y&t=3543s