pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Professoras da rede municipal são premiadas em congresso internacional

26 de set de 2018 - Jornalismo

As professoras Ive Carolina Fiuza Figueirêdo Milani e Márcia Pereira Martins Vale, que trabalham na Escola Municipal Hospitalar e Domiciliar Irmã Dulce, foram premiadas no 1° Congresso Internacional “Brincar, Brinquedoteca e Brinquedista”, realizado nos dias 20, 21 e 22 de setembro, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Intitulado “O Brincar na escola hospitalar e domiciliar: caminhos e possibilidades”, o trabalho conquistou o terceiro lugar na premiação que envolveu projetos de todo o Brasil.

Professora Ive Milani com o aluno Miguel

De acordo com a vice-gestora Leydiane Vidal, a conquista é resultado do trabalho diferenciado realizado pela unidade de ensino que garante o direito à educação ao aluno, que por questões de saúde, encontra-se impossibilitado de estudar na escola comum. “Nosso corpo docente sempre busca aprimorar sua prática, pesquisar e realizar estudos acerca de temáticas que contribuam com o fazer pedagógico. Esse prêmio vem agregar mais valores à nossa escola. Estamos orgulhosos e na certeza que elas sempre buscam compartilhar os conhecimentos com os demais docentes que atuam nas Classes Hospitalares e Domiciliares daqui e de fora do país”, considera.

O trabalho apresentado pelas professoras mostra a importância do brincar no processo de aprendizagem dos alunos no ambiente hospitalar e/ou domiciliar, como explica a professora Ive Milani, uma das autoras do projeto. “Nossa pretensão com esse pôster foi deixar claro que o brincar não pode ser deixado de lado. O hospital é sempre associado à dor, mas a partir dessa consciência, o mesmo poderá ser visto como lugar de aprendizagem, assim como o domicílio. Independentemente da condição de saúde, as crianças podem aprender, desenvolver habilidades e competências que vão auxiliá-las na vida, interagindo com os outros e ajudando essas crianças a desenvolverem-se como indivíduos”.

ooProfessora Márcia Vale

Para Márcia Vale, também autora do trabalho, a premiação vem como reconhecimento do que já realizam na Escola Municipal Hospitalar e Domiciliar Irmã Dulce. “É muito bom ter essa visibilidade, ainda mais em um evento internacional, por sempre estamos preocupados com a informação e com o serviço. É importante esse reconhecimento dentro da área que atuamos, que é hospitalar e domiciliar, com notoriedade dentro e fora do pais”, enfatiza. Em um dos trechos, o trabalho apresentado no Congresso aponta que “o brincar é uma ferramenta facilitadora do processo de aprendizagem que proporciona o desenvolvimento das funções cognitivas, sociais, afetivas e motoras, saúde e bem estar do aluno, além de auxiliar no resgate de algo tão natural que é aprender. A presença e o trabalho pedagógico do professor que conhece as necessidades curriculares e de saúde do aluno, associado ao brincar, permite que haja atenção ao indivíduo em sua integralidade”.

Congresso – Organizado pela Coordenadoria da Brinquedoteca do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe) em parceria com a Criative Ideias, o 1º Congresso Internacional “Brincar, Brinquedoteca e Brinquedista” foi realizado no Teatro Odylo Costa Filho (campus Maracanã) e contou também com minicursos e oficinas. O evento reuniu pedagogos, médicos pediatras, psicólogos, fonoaudiólogos, professores, coordenadores de ensino, estudantes e demais profissionais das áreas de Educação e Saúde.