pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Projeto Aluno Monitor beneficia comunidades

25 de Maio de 2006 - dev

A Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC), o Instituto Stefanini e a Microsoft lançam no dia 20 de maio o Projeto Aluno Monitor. A iniciativa utiliza um ambiente de educação à distância e de capacitação presencial para alunos de escolas públicas, que terão oportunidade de qualificação e iniciação profissional, com base em produtos Microsoft de mais alta tecnologia, como o Windows e o Office.

Por meio do curso, o aluno torna-se apto a monitorar os ambientes informatizados de suas escolas; auxiliar colegas e professores no desenvolvimento de projetos que envolvam o uso das tecnologias no processo de ensino e aprendizagem; replicar as habilidades adquiridas a outros alunos monitores, garantindo a multiplicação do conhecimento; instalar e desinstalar programas e solucionar problemas com vírus e arquitetar uma rede.

O Aluno Monitor integra o Projeto Parceiros da Aprendizagem, desenvolvido pela Microsoft. O objetivo é promover gratuitamente a formação em conceitos básicos de tecnologia, o gerenciamento do laboratório de informática das escolas e a multiplicação de conhecimentos para educadores e alunos. O projeto é desenvolvido em dez estados brasileiros, como São Paulo, Paraíba, Goiás e Pernambuco. Salvador é o primeiro município baiano a adotar este projeto e o único a estender o Programa Aluno Monitor às comunidades situadas no entorno da escola beneficiada.

Segundo o coordenador de Modernização Administrativa e Tecnológica da SMEC, Cláudio Silva, inicialmente o Aluno Monitor será implantado em 12 unidades da rede municipal de Ensino. A meta para este ano é beneficiar 68 mil pessoas (estudantes e moradores), através de 68 escolas. “Atualmente há uma verdadeira cruzada para possibilitar que o cidadão tenha habilidade necessária para a utilização de recursos digitais”, afirmou Cláudio Silva.

Desde o inicio do atual governo municipal, em janeiro de 2005, a Secretaria tem realizado programas para disponibilizar o conhecimento tecnológico às escolas e comunidades situadas no seu entorno, promovendo a inclusão sócio-digital.

Inclusão Digital

Através do “Projeto Inclusão Digital para Inclusão Sócio-Digital”, a SMEC em parceria com o Instituto Stefanini, inaugurou seis Infocentros- núcleos de formação profissional que atendem estudantes da rede e moradores do bairro localizados próximos as escolas beneficiada.

Os infocentros oferecem cursos profissionalizantes, como Informática Básica (Windows, Word, Excel,Internet), Técnica de Venda e Teleatendimento ( recepcionista, telemarketing). No total 3.441 pessoas estão sendo beneficiados pelo programa e 629 já concluíram o curso no Infocentro. O projeto é implantado em uma escola por Coordenadoria Regional de Educação (CRE), totalizando assim 11 núcleos de formação profissional. Além dos infocentros, 26 escolas disponibilizam cursos gratuitamente nos finais de semana. Ainda este mês, a SMEC vai instalar nas escolas da rede laboratórios com programas de computadores Positivo,voltados para os alunos de Educação Infantil e 1ª a 4ª séries.

Desde o início da gestão, a SMEC tem informatizado suas escolas. Em 2004, apenas 50 unidades escolares tinham laboratórios de informática com acesso à internet. Atualmente, 110 escolas já possuem laboratórios, cada um com cerca de 10 computadores com internet banda larga. Com a chegada dos equipamentos de informática do PROJOVEM, a secretaria terá implantado 124laboratórios. Ainda este ano, o projeto contemplará mais 20 escolas. Isto significa, que até dezembro, 41% das escolas municipais estarão com laboratórios de informática.