pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Rede em contagem regressiva para entrega de cinco novas escolas

22 de set de 2012 - dev

A rede municipal de ensino de Salvador está em clima de contagem regressiva para a entrega de cinco novas escolas, que vão beneficiar as comunidades da Boca do Rio, Vale das Pedrinhas, Itapuã, Pituaçu e Cabula. As obras das unidades, que foram demolidas e estão sendo reconstruídas, estão em fase de conclusão e duas delas já serão entregues em outubro.

O titular da Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult), secretário João Carlos Bacelar, foi conferir o andamento das obras na manhã deste sábado (22) e se surpreendeu com o resultado. Acompanhado da equipe de estruturação da rede física escolar, Bacelar visitou as Escolas Municipais Vale das Pedrinhas (Vale das Pedrinhas), Agnelo de Brito (Boca do Rio), de Pituaçu (Pituaçu), Lagoa do Abaeté (Abaeté) e Antônio Euzébio (Cabula).

“Realmente estou muito surpreso com o andamento das obras. Estas escolas foram demolidas e alguns dos terrenos são íngremes e sabíamos que teríamos dificuldade para reconstruir estes espaços de acordo com o que queríamos. Eu olhava os terrenos e não achava que seria possível. Essas equipes estão realizando novas construções, com fundações adequadas para os terrenos e o novo tamanho das unidades. E agora vê-las já erguidas nesta fase de finalização é muito gratificante”, destacou.

A reconstrução destas cinco escolas da rede municipal de ensino de Salvador vai possibilitar a abertura de mais 2 mil vagas em 2013. As cinco novas escolas estão sendo erguidas nos padrões modernos de arquitetura e acessibilidade, duas delas com elevador para portadores de necessidades especiais, além de padaria e quadras de esportes.

A previsão da equipe de estruturação da rede municipal de ensino é que as Municipais Lagoa do Abaeté e Agnelo de Brito sejam entregues em outubro; as de Pituaçu e Antônio Euzébio em Novembro e a Vale das Pedrinhas em Dezembro. É importante destacar que nenhum aluno das unidades está sem aula. Com as obras, as crianças foram transferidas para prédios alugados ou escolas próximas.