OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Rede municipal celebra o Dia Nacional da Alfabetização

14 de nov de 2011 - dev

Nesta segunda – feira (14), Dia Nacional da Alfabetização, os alunos da rede municipal de ensino celebram junto com a Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult) as ações desenvolvidas pelo órgão para melhorar a alfabetização municipal.

O Projeto “Alfabetizando, Letrando e Contando Histórias” surgiu em 2007 pela Coordenadoria Regional de Educação (CRE) Liberdade e exerce nas escolas municipais um importante método de ensino e aprendizado no processo de alfabetização dos alunos do 1º ano. O projeto utiliza histórias infantis como base no processo da alfabetização, abrangendo a formação dos professores, a contação de histórias, além de visitas a bibliotecas pelos educandos e educadores.

Outra ação é em conjunto com o Jornal A Tarde, o A Tarde Educação, que visa subsidiar os professores, do 5º ano, em sala de aula, no que tange a construção de habilidades de leitura, interpretação e produção textual utilizando o jornal como suporte pedagógico

O projeto Brincadeiras Musicais Palavra Cantada tem com intuito formar os professores de artes(Música, dança, teatro e artes visuais) para atuarem com a Coleção Brincadeiras Musicais que visa o trabalho dentro da sala de aula.

CONVÊNIO – Em junho, a Secult assinou um convênio com a Universidade Federal da Bahia (Ufba) que visa apoiar pedagogicamente as escolas da rede municipal contribuindo para a alfabetização de crianças enturmadas nas classes de 1º e 2º ano de escolarização, por meio da ação Escola Alfabetizadora. A ação faz parte do Projeto Bons izinhos, realizado pela Ufba, que pretende solucionar os problemas das comunidades próximas a universidade.

Trinta estudantes de pedagogia da Ufba atuam em sala ajudando a superar as dificuldades enfrentadas com o tamanho das turmas e no processo de alfabetização das crianças. A Escola Alfabetizadora beneficia 16 escolas das Coordenadorias Regionais de Educação (CRE) Centro e Orla.