pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Rede municipal é tema de debate na Academia Baiana de Educação

08 de Maio de 2013 - dev

O ensino público de Salvador foi o tema do debate sobre Educação realizado na tarde desta quarta-feira (8), pela Academia Baiana de Educação (Abeduc), durante a Terceira Sessão Ordinária do ano. A discussão foi norteada pela palestra do titular da Secretaria Municipal da Educação (SMED), João Carlos Bacelar, que expôs aos acadêmicos a realidade da rede municipal de ensino, as ações implantadas pelo órgão para melhoria da Educação, planos e projetos para área, bem como exemplos que estão dando certo nas redes públicas do Brasil e do mundo.

Participaram do evento o presidente da Abeduc, Astor de Castro Pessoa, o ex-governador da Bahia, Roberto Santos, a ex-secretária da Educação do estado e ex-reitora da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Anaci Paim, o presidente da Fundação João Fernandes da Cunha, Silvoney Sales, além dos membros da academia e técnicos da SMED. “Fomentar o debate e buscar soluções é o papel da academia. Estamos muito honrados em poder ter este relato do secretário e de poder contribuir para a melhoria da qualidade do ensino público da nossa cidade”, destacou o presidente da Abeduc.

Durante a sua palestra, Bacelar falou sobre os avanços e desafios da Educação pública de Salvador. “Alfabetizar os alunos da rede pública do país na idade certa será uma grande revolução. Outro grande avanço é o ensino em tempo integral, já implantado em dez escolas da rede este ano. O caminho é longo, principalmente porque 90% dos problemas da Educação está do muro da escola para fora, mas nós precisamos mudar esta realizada, porque sem Educação, não há salvação”, enfatizou o secretário.

“Meu desejo é que momentos como este se tornem rotina. Trabalhar Educação não é só responsabilidade do governo e não deve ser feito somente na escola, é uma responsabilidade de todos os seguimentos da sociedade e de diversas formas”, comemorou Vanda Angélica da Cunha, presidente da Academia de Letras e artes do Salvador.