pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Salvador Cidade das Letras-Últimos dias para inscrição de alfabetizadores

17 de ago de 2007 - dev

Será encerrado no dia 20 de agosto o prazo para inscrições dos alfabetizadores que atuarão no Programa Salvador Cidade das Letras/Brasil Alfabetizado, da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) e MEC. Até o momento, já foram cadastrados 2.250 alfabetizadores e ainda restam 1.800 vagas. Os interessados devem se inscrever na sede do Serviço Municipal Intermediação de Mão-de-obra (SIMM), na Rua Miguel Calmon, 382, Comércio. O horário de atendimento é das 8 às 17 horas. Maiores informações através do tel.: 0800-285-3111.

Os candidatos às vagas devem ter ensino médio completo, comprovar experiência em sala de aula, apresentar um comprovante de residência e uma foto 3×4. Os educadores são responsáveis por ensinar a ler, escrever e calcular; como também, devem formar uma turma de 15 a 25 alunos.

Para que esses professores atendam essa demanda, serão capacitados através de cursos com 60 horas, durante 2 semanas, para que tenham uma aproximação com o material a ser utilizado e a metodologia de ensino a ser aplicada para esse público. A SMEC oferece uma bolsa-auxílio mensal de R$ 200,00 e o educador cumprirá uma carga horária de 12 horas semanais durante 8 meses.

Para o coordenador do Programa Salvador Cidade das Letras/Brasil Alfabetizado, Luiz Fumaneri, esse educador “precisa ser um agente mobilizador, realizando trabalhos de motivação de acordo com as características socioeconômicas do público, na medida em que são alunos adultos, que enfrentam uma jornada longa de trabalho”.

O programa

O programa está presente em 124 bairros de Salvador, atendendo aos analfabetos absolutos da capital baiana, que são cerca de 113.000 pessoas, e está dividido em 3 fases: a primeira de alfabetização, ensinando a ler e escrever e calcular; a segunda profissionalizante, através de oficinas para a formação de doceiras, garçons, de corte e costura, manicure, eletricista predial, informática e artesanato, visando que o aluno tenha possibilidades de renda; e a terceira, que compreende a educação continuada, quando eles são incluídos no Programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) para a continuidade dos estudos.

Em 2006, Salvador bateu o recorde nacional de inscrições de jovens e adultos, com 21.800 pessoas matriculadas.

“O objetivo da SMEC é que Salvador consiga o selo de Município Livre do Analfabetismo, revertendo um fracasso histórico na capital baiana nas últimas administrações na alfabetização de jovens e adultos. Afinal, nos últimos dez anos, a Prefeitura alfabetizou, em média, anualmente, somente 2.000 jovens e adultos”, afirma o secretário municipal de Educação e Cultura, Ney Campello.