pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Salvador ganha mais 38 unidades escolares reconstruídas ou reformadas

19 de Maio de 2016 - Jornalismo

De uma rede física escolar que estava seriamente comprometida em 2013, a Prefeitura chega a 168 unidades de ensino reformadas, construídas ou reconstruídas em 2016. Mais 38 delas foram entregues pelo prefeito ACM Neto nesta quinta-feira (18), em cerimônia simbólica realizada durante a inauguração do novo Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Tereza Helena Mata Pires, na Bela Vista do Lobato, com as presenças também da vice-prefeita Célia Sacramento, do secretário Guilherme Bellintani (Educação), demais gestores municipais, autoridades e comunidade escolar. Na ocasião, foram entregues as placas de inauguração a diretores e vice-diretores das unidades reinauguradas. No próximo dia 30, é a vez de 11 novos CMEIs serem entregues no mesmo dia.

A diretora do Tereza Helena Mata Pires, Cátia Maria Pina, agradeceu a toda a administração municipal pela reconstrução da unidade. “Esta é a realização de um anseio de toda a comunidade escolar, que buscava um espaço adequado e requalificado para as crianças. Antes, atendíamos apenas a 72 alunos e, agora, chegamos a 128 crianças de 1 a 5 anos, com uma estrutura que conta com seis salas, refeitório, sala dos professores, lactário, cozinha, sala multitarefas, lavanderias, rampas e sanitários adaptados para pessoas com deficiência, dentre outros ambientes. Hoje, os pais podem sair para trabalhar descansados, pois têm onde deixar os filhos, além da estrutura contribuir positivamente para o processo de ensino e aprendizado”, apontou.

O prefeito ACM Neto ressaltou que o volume de unidades escolares construídas ou reformadas em pouco mais de três anos é o maior investimento em educação já realizado no país, em comparação com outras cidades do mesmo porte. “Há três anos, o cenário da educação de Salvador era desanimador. Em apenas dois anos, já estamos dobrando o número de vagas para crianças e programas como o Combinado, o Agentes da Educação e o Acelera já começam a apresentar resultados positivos. Toda essa revolução que está sendo feita no setor terá impacto daqui a alguns anos e mostra que estamos investindo no bem mais precioso da sociedade, que são as crianças e adolescentes”, salientou.

O secretário Guilherme Bellintani pontuou que, até o fim deste ano, quase 50% da rede física escolar estará recuperada e que os programas educacionais municipais já resultam em aumento de 6% no índice de aprovação dos alunos, aproximando Salvador da média nacional. “A gestão estará sempre atenta às melhorias necessárias para avançar na educação”.

Números – O investimento em infraestrutura nas unidades entregues até o momento foi de cerca de R$ 180 milhões. Outras 50 unidades escolares estão sendo construídas ou reconstruídas, incluindo as novas creches e pré-escolas do Primeiro Passo, e o investimento é de R$ 128 milhões. Desta forma, a previsão é que em quatro anos a Prefeitura invista mais de R$ 300 milhões para recuperar a infraestrutura das escolas municipais.

O investimento na reestruturação da rede física municipal de ensino está previsto em duas ações do Programa Combinado. A primeira garante a construção, reconstrução e reforma das escolas e a segunda a duplicação do número de vagas de Educação Infantil. A fonte desses recursos é exclusiva do cofre público municipal, o que reforça o compromisso da gestão em priorizar a educação. Vale ressaltar que a Prefeitura investiu 26% do orçamento de 2015 na área e a previsão é que os recursos para a educação cheguem a 28% em 2016, superando o mínimo legal estipulado pela constituição.