pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Salvador sediará encontro das cidades educadoras

19 de set de 2006 - dev

O próximo encontro da rede brasileira de Cidades Educadoras ocorrerá em Salvador, em março de 2007. A informação é do Secretário Municipal da Educação e Cultura, Ney Campello, que encontra-se em Lyon (França), participando do IX Congresso da Associação Internacional das Cidades Educadoras (AIEC). A viagem do secretário foi custeada pelos organizadores do evento.

Ney Campello entregou ontem (14/09) à representante da AIEC na América Latina, Maria Julia Reyna, e ao coordenador da rede brasileira da AIEC, Rodrigo de Oliveira Perpétuo, a proposta de filiação de Salvador, assinada pelo prefeito João Henrique.

O secretário Ney Campello também sugeriu uma maior integração com a rede portuguesa e de países africanos e a inclusão do tema multiculturalidade e diversidade para o próximo congresso.

Na Feira das Cidades, instalada no Palais de Congrès de Lyon, a cidade de Salvador expôs materiais didáticos e cartazes relativos às politicas públicas de Educação Ambiental e do ensino da História da África e da Cultura Afro-brasileira. “O nosso material tem sido disputado por representantes de todo o mundo”, frisou Ney Campello.

A secretária de Relações Internacionais de São Paulo, Helena Maria Gasparian, declarou que levará para a capital paulista o material de implantação do ensino da História da África e da Cultura Afro-brasileira e Africana elaborado pela Secretaria Municipal da Educação e Cultura de Salvador. “Vamos aplicar este material na rede municipal paulistana”, afirmou. Salvador é a cidade pioneira no país no ensino da História da África e da Cultura Afro-brasileira e Africana, conforme determina a lei 10.639/03.

Congresso das cidades educadoras

O congresso da AIEC ocorre até o dia 18 de setembro. Durante o congresso, Ney Campello trocou informações acerca de experiências educacionais públicas de diversas partes do planeta. Em outubro, representantes da sociedade civil organizada da capital baiana elaborarão uma carta-compromisso de Salvador para o ingresso na Rede Internacional de Cidades Educadoras.

“A cidade precisa firmar um compromisso pela transformação social através da via da educação”, ressalta Ney Campello.

Dentro em breve, a SMEC formalizará convênio com o Instituto Paulo Freire para a implantação das diretrizes a serem assinaladas na carta-compromisso.

Cidades como São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte já integram a rede de cidades educadoras.

De acordo com a secretária municipal de Educação adjunta de Porto Alegre, Joyce Pernigotti, estes encontros estimulam “a troca de experiências, cujo referencial é o espaço urbano como espaço educador”. Segundo ela, através da educação poderão ser encontradas ou encaminhadas soluções para muitos dos problemas da juventude.

A AICE existe desde 1990, quando foi realizado o primeiro encontro em Barcelona.