pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Salvador sobe quatro posições no ranking nacional da Educação

15 de ago de 2012 - dev

O investimento em projetos pedagógicos, na capacitação e valorização dos docentes e na reestruturação da rede física escolar interfere diretamente na qualidade da educação e sempre embasou a atuação da Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult). E o trabalho da secretaria já apresenta bons resultados na rede pública de ensino de Salvador. Prova disso são os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) nesta terça-feira (15), que revelam que Salvador saiu de 26ª para 22ª posição no ranking nacional da Educação.

A meta do MEC para as séries iniciais em Salvador era de 3.6 e a média obtida foi de 4. Já nas séries finais, a meta de 2.8 também foi atingida. Além disso, Salvador tem 17 escolas que atingiram ou ultrapassaram a nota 5. Em 2009, apenas três tinham obtido este resultado. É importante ressaltar que todas as unidades que obtiveram as notas mais altas – destaque para a Municipal Susana Wesley (5.8), na Boca do Rio; Municipal Recanto dos Coqueiros (5.7), em Pituaçu; e Municipal Luís Anselmo (5.6), no bairro de mesmo nome – foram reformadas por meio do Plano de Recuperação da Rede Física Escolar e oferecem condições adequadas para o ensino e aprendizagem.

Outras 145 escolas obtiveram notas de 4 a 4.9, sendo que destas, oito com 4.9; 3 com 4.8; dez com 4.7; oito com 4.6; 16 com 4.5 e 14 com 4.4. “São resultados que não me satisfazem e que considero pífios em relação a outras capitais do país. Mas, analisando pela realidade da Educação em Salvador, temos que comemorar, porque interrompemos uma tendência de queda, ultrapassamos a meta das séries inicias e mantivemos a das séries finais, sem contar que Salvador subiu para 22º lugar no ranking das capitais”, destacou o secretário João Carlos Bacelar.

As notas iguais ou acima de 5 também foram comemoradas pelo titular da Secult. “Dezessete escolas atingiram ou ultrapassaram a nota 5. Todas elas foram reformadas e estão com condições ideais para o ensino e aprendizagem. Nossa meta é que toda a rede ofereça infraestrutura adequada, porque acreditamos que só dessa forma e com professores qualificados e bem remuneradas poderemos caminhar rumo à primeira colocação do país. Temos escolas com nota 5.8, que aproximadamente é igual às escolas de Florianópolis, capital campeã nacional, que obtiveram nota 6”, comemorou.

Cinco escolas merecem destaque por conseguirem aumentar mais de 1 ponto na nota final de 2009 para 2011. São elas: a Municipal Antônio Euzébio, no Cabula, que subiu de 3.3 para 5.0; a Sebastião Dias, em Brotas, de 3.4 para 5.1; a Casa da Amizade, em Ondina, de 3.8 para 5.1, e a Carmelitana 25 de Agosto, no Uruguai, de 4.1 para 5.4, e a Osvaldo Cruz, no Rio Vermelho, de 4.2 para 5.4.