OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Secult encerra capacitação de mil merendeiras

12 de jul de 2012 - dev

Cerca de mil merendeiras e merendeiros da rede municipal de ensino participam, até sexta-feira (13), do curso de Manipuladores de Alimentos, promovido pela Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult). Iniciada em junho e realizada em parceria com a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), a capacitação faz parte do Programa de Alimentação Escolar do Município do Salvador.

A atividade tem como objetivo ampliar os conhecimentos destes profissionais sobre o programa, além de estimular sua participação como multiplicadores das corretas práticas de nutrição, garantindo assim a alimentação saudável dos estudantes. Nas aulas, ministradas por nutricionistas e pedagogos, foram abordados temas como legislação ligada ao setor, boas práticas de alimentação – com foco na higiene pessoal e na manipulação da comida – controle de qualidade dos alimentos, prevenção contra acidentes e primeiros socorros, dentre outros temas.

De acordo com a subcoordenadora do Programa de Alimentação Escolar, Cristina Andrade, a capacitação contou este ano com ações inovadoras, como as aulas de coleta da microbiologia das mãos. Na ocasião, os alunos tiveram idéia dos efeitos provocados por uma mão não-higienizada. “A microbiologia das mãos foi feita pelo Laboratório da Uneb, mostrando através de uma estufa como se proliferam os microorganismos, que podem contaminar os alimentos”, contou Cristina.

A proposta também trabalhou a merendeira ou merendeiro como educador alimentar, onde o profissional passa a servir de referência para os alunos da rede municipal. “Fizemos um levantamento dos dados como peso e altura, por exemplo, para avaliar a situação nutricional desse manipulador. A partir daí apresentamos em sala de aula doenças que pretendemos evitar no aluno, a exemplo da hipertensão, diabetes, obesidade, desnutrição, problemas cardíacos e demais problemas de saúde que podem ser prevenidos a partir da alimentação. Com o manipulador se cuidando, automaticamente, ele cuidará melhor daquele aluno que será alimentado”, relatou a subcoordenadora.

Há nove meses no ramo, a merendeira Carla de Freitas, da Escola São Domingos, localizado no Subúrbio Ferroviário, garantiu que o curso lhe rendeu bons frutos, além de crescimento profissional. “Durante as aulas, adquirimos informações interessantes que vão desde a questão nutricional, onde devemos estar sempre atentos, até os ensinamentos como a forma correta de armazenamento dos alimentos. Com aulas bastante dinâmicas, saímos daqui mais preparados profissionalmente”, finalizou.