Sessão Simultânea de Leitura marca o Dia do Meio Ambiente na E.M. União Comunitária

06 de jun de 2019 - Jornalismo

A Escola Municipal União Comunitária, localizada na Vila Ruy Barbosa (GRE Liberdade/Cidade Baixa), comemorou o Dia do Meio Ambiente com uma Sessão Simultânea de Leitura. A ação teve o objetivo de mostrar para as crianças e adolescentes que a literatura traz várias lições sobre atitudes conscientes e de preservação do meio ambiente. A seguir, o relato enviado pela escola sobre essa experiência:

“A sessão simultânea é uma das atividades do projeto de leitura da escola, que ocorre desde 2017 e que tem sido um instrumento valioso, tanto por fortalece o papel dos professores enquanto leitores-modelos para as crianças, como também por criar um ambiente de troca e construção de saberes entre o corpo docente e alunos. Com isso, a escola se constitui, de maneira mais ampla, numa comunidade de leitores.

Após a escolha do tema da sessão, várias etapas são percorridas. Inicialmente, os professores e outros colaboradores, como a estagiária, a coordenadora, a secretária e a assistente de secretaria, selecionam os livros considerando a qualidade literária que desperte o interesse e a imaginação dos alunos. Em seguida disponibilizam uma sinopse para construção do mural com a foto da capa e lista para inscrição.

As turmas são convidadas a se inscrever com alguns dias de antecedência. Por fim, no dia da sessão, os leitores recebem seu público em diversos espaços da escola que se tornam cantinhos de leitura. Em cada cantinho há oportunidade de desenvolver uma escuta atenta, interpretar, trocar de informações, conhecer diversos autores e ilustradores e formar novos leitores. Ao final da sessão, as crianças voltam para as suas respectivas turmas levando as suas ilustrações da história ouvida e socializam na roda de conversam o que aprenderam.

Carlos Roberto do 1º ano, que participou da sessão com o Livro Não afunde no Lixo, disse: Não podemos jogar lixo na rua porque pode causar inundação. Kevin Levi, também do 1º ano, escutou atentamente a história do Anel da Tartaruga, e relatou: A tartaruga ficou presa no anel que foi jogado no mar e por isso ela não pode mais colocar ovos. E o colega Murilo (1ºano) completou: – Não devemos jogar lixo no mar porque pode matar os animais.

As rodas de conversa foram bem ricas, as crianças entusiasmadas levaram para as salas de aula relatos das diversas literaturas exploradas, entre eles A Gritadeira que traz a mensagem que devemos economizar energia elétrica; Azul e Lindo Planeta Terra, Nossa Casa, de Ruth Rocha, que enfatiza a importância de cuidarmos do planeta e traz ilustrações lindíssimas, dentre outras.

Para finalizar a comemoração, foram propostas oficinas de produção com sucata, conscientizando os alunos sobre a importância da reutilização e reciclagem. E houve o empréstimo de livros da biblioteca. Foi possível perceber o resultado da ação do Dia do Meio Ambiente: As crianças demonstraram mais interesse na escolha de livros que abordam a temática explorada na sessão. Despertar o interesse pela leitura é o nosso lema!”

Texto e fotos: Escola Municipal União Comunitária .