OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

SMEC assina convênio para inclusão digital O programa fará a inclusão digital de jovens da rede municipal de ensino, preparando-os para entrar no mercado de trabalho

16 de jun de 2005 - dev

Foi assinado na manhã do último dia 15, no Palácio Thomé de Souza, um acordo de cooperação entre o prefeito João Henrique e o diretor do Instituto Stefanini, Marcos Stefanini, com o objetivo de promover a inclusão digital de jovens da rede municipal de ensino, preparando-os para entrar no mercado de trabalho. Através da parceria, a empresa irá profissionalizar os estudantes, além de disponibilizar os laboratórios de informática para o aprendizado da comunidade. A secretária Olívia Santana esteve presente ao evento.

Para o prefeito, a partir desse convênio, os alunos serão incluídos digitalmente, “não apenas como usuários, mas, quem sabe, como futuros profissionais da área, pois esse é mais um projeto que pensa longe, que investe no presente já planejando o futuro”. Segundo ele, muitos jovens que hoje pertencem aos excluídos digitais poderão, futuramente, desenvolver programas que venham a ser aproveitados pelo mercado.

A secretária Maria Olívia Santana frisou que essa parceria faz parte das diretrizes da SMEC e que a inclusão digital é mais uma das formas de democratizar a educação. “ A nossa luta é por uma educação ética, democrática, onde todos e todas tenham as mesmas oportunidades. Ninguém ganha com a exclusão”, declarou.

O diretor presidente do grupo Stefanini, Marcos Stefanini, fez um breve relato sobre a história do grupo, que está há seis anos no mercado baiano e além de uma empresa de serviços de tecnologia da informação mantém o instituto Stefanini e fez questão de afirmar que essa parceria será uma importante troca de experiências a ser vivida. “Ficamos feliz em realizar essa parceria com o governo de Salvador. O nosso objetivo é oferecer formação profissional para os jovens dessa cidade. E o nosso projeto tem um diferencial, pois além da formação procuramos também o 1º emprego. Em um ano conseguimos formar 12 mil jovens,” declarou.

De acordo com a secretária Maria Olívia Santana, atualmente são 60 unidades de ensino que contam com laboratórios de informática, com acesso à Internet. A meta agora, é poder ampliar para 100 escolas até o final do ano, contemplando todas as unidades de ensino da rede até o final desta gestão.