pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

SMEC e Wal-Mart Brasil apóiam o resgate da cantiga de roda

18 de jul de 2007 - dev

Foi assinado hoje (18), no auditório do Anexo II da Secretaria Municipal da Educação e Cultura, um protocolo de intenções entre a Secretaria, a Wal-Mart Brasil, a OSCIP Sons do Bem e a SMEC de incentivo ao Projeto Cirandando Brasil, da artista Nairzinha, que tem o objetivo de preservar, resgatar, difundir a cultura e o folclore infantil brasileiro. Através deste termo, o Projeto Cirandando contempla os alunos da rede municipal de ensino.

Na realidade, desde 2005 o projeto Cirandando, com o apoio da Wal-Mart Brasil, vem beneficiando alunos e professores da rede municipal de ensino. O convênio assinado hoje (18) formalizou esta parceria.

O Cirandando Brasil promove diversas atividades educadoras com o objetivo de resgatar no dia-a-dia das crianças da atualidade as tradições da cultura da brincadeira. Além disso, é mérito da equipe investir em brincadeiras alternativas, fora dos padrões da sociedade de consumo, como cirandas, cantigas de roda e brincadeiras de rua.

A Wall-Mart patrocina o Projeto Cirandando há seis anos. Durante o ano são realizadas dez oficinas, dentre estas, de Música, Artes Plásticas, Artes Cênicas e Literatura Brasileira, capacitam 1.000 professores do sistema municipal de ensino. Esses encontros acontecem na Escola Baronesa de Sauípe e ao final do aprendizado é realizado o “Show Baile”, na Escola Cid Passos e no Parque da Cidade, onde os alunos e professores apresentam o resultado do aprendizado. Atualmente já foram capacitados 2.400 professores.

A presidente da ONG Sons do Bem, Nair Spinelli, a Nairzinha, é uma estudiosa do “ato de brincar” e afirma que não criou o Cirandando. “Apenas sistematizei para devolver às crianças as brincadeiras de rua e de roda que elas têm direito. Levo a elas a história das brincadeiras, as influências culturais e as diversas categorias da arte de se divertir como estratégia didática para que voltem à sala de aula com vontade de aprender”.

Segundo o secretário Ney Campello, o mérito do projeto é levar a música para a sala de aula. “A música bem articulada tem interferência visível no âmbito escolar. É o aprender com prazer”, concluiu Campello.