pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

SMEC promove discussão sobre violência nas escolas

12 de ago de 2008 - dev

Preocupados com a onda de violência nas escolas, os professores da rede municipal estão intensificando os trabalhos de conscientização dos alunos pela paz. Embora não haja registro de casos graves nas escolas do Município, a Secretaria da Educação e Cultura (SMEC) aposta na prevenção e já está organizando várias atividades que vão chamar a atenção de alunos, professores e a comunidade para lutar contra a violência.

Uma destas ações acontece na próxima quinta-feira (dia 14/08), com o projeto “Educação em Pauta”, implantado pela SMEC no mês passado e que estará discutindo nesta edição a violência urbana e principalmente de que forma a escola pode contribuir para a paz exercendo o seu papel de agente transformador.

Para falar sobre o tema, a Secretaria convidou o professor Carlos Alberto da Costa Gomes, coordenador do Observatório de Segurança Pública da Universidade Salvador, considerado um dos principais especialista em violência urbana na Bahia. A expectativa da SMEC é envolver todos os diretores, coordenadores e professores da rede municipal.

O professor Costa Gomes acredita que o papel da escola é importante na redução da criminalidade. Segundo ele a escola é o centro, a base da sociedade, da cidadania. “É a base da eliminação da discriminação, do respeito à vida, da justiça, enfim, da civilidade. A escola é um espaço sagrado onde as famílias tradicionais ou modernas e de qualquer religião vêem como local onde seus filhos irão aprender, crescer, evoluir e adquirir capacidades para enfrentar a vida”, argumenta o professor.

A segunda edição do “Educação em Pauta” acontece no auditório Zélia Gattai, na Faculdade Jorge Amado, a partir das 9h30. Além da palestra do professor Costa Gomes, a SMEC vai lançar a campanha “Um toque de PAZ” que será desenvolvida pelas escolas da rede a partir do dia 29 de agosto.

Programas

A conscientização dos alunos pela paz é um trabalho que vem sendo feito pelos professores através dos vários programas implantados nas escolas que contribuem para a redução da violência, evasão escolar e estimula uma cultura de paz, tolerância e respeito às diferenças. Entre eles, o Programa de Educação em Direitos Humanos (PROGREDH), um projeto institucional que visa formar e capacitar em direitos humanos, estudantes do 6º ao 9º ano, já implantado em 26 escolas da rede municipal.

Os alunos passam por aulas teóricas, palestras, oficinas, seminários, encontros com promotores de justiça e visitas aos Centros de Apoio Operacionais e Unidades do Ministério Publico.
Um outro programa que é de grande importância para a juventude, é o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), desenvolvido através de uma parceria entre Polícia Militar e SMEC, que leva noções básicas de cidadania com prevenção ao uso das drogas entre escolares.

O Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem), parceria com o Governo Federal, a segunda chance para que jovens de 18 a 29 anos retomem os estudos, é outro aliado da Secretaria no combate à criminalidade. É a oportunidade de sair das ruas e buscar um futuro digno.

Com 44 escolas oferecendo, nos finais de semana, oficinas profissionalizantes, atividades esportivas e de lazer, o programa Escola Aberta (parceria com Educação e UNESCO) também atrai a população para dentro das instituições de ensino. Dessa forma, a Secretaria busca maior aproximação com a sociedade para alcançar maior eficácia na formação de cidadãos.

O Programa de Educação Esportiva também é destaque entre os alunos da rede que participam de competições de vôlei, futsal, handebol, atletismo, natação, capoeira, judô, karatê, ginástica artística entre outras modalidades, sendo um grande estímulo para o desenvolvimento das habilidades e destacando a importância do comprometimento, do trabalho em grupo e do respeito ao próximo.