pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

SMEC reúne coordenadores para discutir Programa de Combate ao Racismo Institucional

18 de jul de 2005 - dev

A educação é um dos maiores mecanismos no combate a qualquer forma de preconceito e discriminação, a partir desse princípio, a Secretaria Municipal da Educação e Cultura de Salvador reuniu, no último dia 13, os seus coordenadores e coordenadoras para discutir a criação do programa de combate ao racismo institucional – PCRI. Nesse primeiro encontro, ficou estabelecido que os presentes compartilhassem as informações discutidas com os outros funcionários da sua coordenação.
Darci Xavier, chefe de gabinete e responsável pela implantação do PCRI na SMEC, afirma que essa primeira reunião surge com o intuito de revelar e identificar práticas que possam ser conceituadas como racistas, para que, em seguida, seja possível estabelecer ações de combates a essas práticas. “O PCRI aqui na SMEC será construído de forma coletiva. Pretendemos identificar os problemas para que possamos apresentar as soluções e, para isso, precisamos contar com a contribuição de todos”, declara.
Criado em 1967, o conceito de racismo institucional especifica a forma de racismo que se estabelece nas estruturas de organização da sociedade e nos órgãos públicos, traduzindo os interesses, ações e mecanismos de exclusão perpetrados pelos grupos racialmente dominantes.
Gedalva da Paz, Coordenadora da CENAP e funcionária da SMEC há cerca de 5 anos, afirmou que é a primeira vez que esta Secretaria aborda o tema da questão racial e acredita que esse é o momento para que apareçam novas discussões sob a ótica social também. “Sempre que houve qualquer debate sobre a questão racial e social, elas eram restritas apenas aos estudantes da rede. Agora temos a oportunidade de expor o nosso ponto de vista e debater com todos e todas diversas formas de enfrentamento ao racismo”, declarou.
O racismo institucional pode ser visto ou detectado em processos, atitudes ou comportamentos que denotam discriminação resultante de preconceito inconsciente, ignorância, falta de atenção ou de estereótipos racistas que colocam minorias étnicas em desvantagem. A SMEC pretende oferecer cursos de formação, palestras e seminários sobre o tema aos seus funcionários, para que seja possível desenvolver políticas coletivas de enfrentamento ás praticas discriminatórias.