pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Smed participa da Semana da Inovação 2020 Superando desafios pedagógicos impostos pela Covid-19.

20 de nov de 2020 - Publicidade

 

A pandemia revelou inúmeras possibilidades na educação, as aulas presenciais migraram para o formato online alterando o processo de aprendizagem e reforçando que o modelo do século XX deve ser superado. No evento virtual Semana da Inovação 2020, realizado terça-feira (17), organizado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap) representantes de vários estados apresentaram como estão investindo na inserção de tecnologia na área da educação.

Participaram do encontro: Cláudio Furtado, Seduc –Paraíba; Haroldo Rocha, Seduc- São Paulo; Plínio Bittencourt, Seduc-Rio de Janeiro; Frederico Wegelin, Smed – Salvador e Sandra Sérgio, Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), instituição idealizadora do debate.

O chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Educação (Smed) Frederico Wegelin, que representou o titular da pasta, Bruno Barral, destacou a importância de discutir sobre a inserção da tecnologia na educação. Segundo ele, a inserção e democratização de  tais recursos já era uma necessidade antes da pandemia, mas que ainda encontrava resistência. “A tecnologia está auxiliando a rede pública municipal em parcerias como a Escola Mais Digital, disponibilizamos chips com pacotes de dados, a Rede conta ainda com transmissão de aulas pela TV aberta. Sabemos que não se trata de uma substituição do professor em sala de aula, na verdade a categoria passou a ser mais valorizada”. Sobre a escola do século XXI, Frederico destacou que “deve ser centrada no estudante, tornando o mesmo protagonista do processo de aprendizagem, ensinando o estudante a aprender em uma sociedade em constante mudança. Nesse sentido o acesso e uso de tecnologias é uma grande ferramenta.”

Conforme Frederico, o caminho a percorrer em direção a uma escola do futuro é longo, mas a pandemia acelerou o processo. “Ainda falta muito porque tem que acontecer uma mudança cultural, mas estamos avançando”.

Inovação 2020