pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Smed realiza 2ª Formação Artístico-Pedagógica para coordenadores escolares

09 de out de 2018 - Jornalismo

Foi realizada quarta-feira (03) na Escolab, Boca do Rio, a 2ª Formação Artístico-Pedagógica com Coordenadores Escolares. O objetivo foi socializar o documento das “Referências Curriculares para o Ensino Fundamental da Rede Municipal de Educação de Salvador”, pensado e construído junto com os Grupos de Trabalho das linguagens Artísticas (GTs). A formação foi uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (Smed), criada a partir das ações formativas do Projeto Arte no currículo, com convênio entre a Smed e a Universidade Federal da Bahia (UFBA) 2015-2017.

De acordo a coordenadora Fernanda Siqueira, da Gerência de Currículo da Diretoria Pedagógica da Smed, Salvador está à frente de outras capitais em relação ao processo das referências curriculares e o encontro foi uma estratégia para promover o conhecimento do documento e permitir a troca de saberes artísticos. “Por incrível que pareça, muitos desses coordenadores desconhecem esse documento, construído com a participação de todos os professores das quatro linguagens: artes visuais, dança, música e teatro, pensando em atender toda essa complexidade que é a ação da arte na escola. Assim, aproveitamos para promover esse dialogo com os coordenadores que é a pessoa que media, articula, trata e conduz o trabalho dos professores nas unidades de ensino. Nosso Referencial está à frente das outras capitais, que ainda estão na construção desse documento”, destaca.

A abertura do evento contou com a participação de representantes da Smed; Grupo de Trabalho das Artes Visuais; Dança; Música e Teatro que fizeram a apresentação dos referenciais de cada segmento, mostrando a didática utilizada nos processos de trabalhos que serão construídos em sala de aula com os estudantes.

“É muito importante esse momento, pois estamos fazendo o significado do nosso trabalho, não só com os professores de arte, mas fundamentando esse bate bola entre nós e os coordenadores pedagógicos com esses eixos de aprendizado fazendo entender o trabalho construído por nós mesmos”, ressaltou Marco Antônio Veloso Costa professor de musica da rede municipal.

Depois das apresentações dos GTs, foi aberta uma roda de diálogos com os coordenadores para que eles pudessem tirar duvidas e apresentar opiniões. Para a gestora e coordenadora da Escola Municipal Anfilófio de Carvalho situada em Periperi, Claudia de Jesus França, o encontro foi um momento de conhecimento do Referencial e aprendizado mais profundo sobre as artes. “Foi muito enriquecedor esse encontro, pois a gente pôde conhecer o conteúdo do Referencial e se apropriar do documento e nessa perspectiva, sermos multiplicadores na escola, fortalecendo para que a gente tenha um contato maior com nosso profissional e junto com eles elaborar outras atividades para nossos estudantes”, salienta.

O evento foi dividido em dois momentos, pela manhã teve a participação das coordenadoras das Grs Orla, Subúrbio II; Cabula; Cidade Baixa/ Liberdade e a tarde foi a vez das coordenadoras das Grs Centro; Pirajá, Subúrbio I; São Caetano; Cajazeiras e Itapuã pela tarde.

De 22 a 25 deste mês haverá um quinto encontro com os Grupos de Trabalho das Linguagens Artísticas desta vez com os professores das unidades que tem arte na escola, onde as quatro linguagens estarão fazendo um diálogo com os profissionais sobre essas ações.