pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Subúrbio recebe mais duas ações na área da educação municipal

14 de out de 2015 - Jornalismo

Mais dois passos importantes na área de reestruturação das unidades de ensino da rede municipal foram dados pela Prefeitura nesta quarta-feira (14), no Subúrbio Ferroviário, com as presenças do prefeito ACM Neto, do secretário municipal da Educação, Guilherme Bellintani, demais autoridades e comunidade escolar. A primeira ação foi a demolição da Escola Municipal de Periperi, no bairro de mesmo nome. Construída há cerca de 50 anos e considerada uma das unidades mais precárias da rede municipal, o local dará lugar a uma escola completamente reestruturada. Em seguida, foi a vez da reinauguração da Escola Municipal Manoel Faustino, em Itacaranha, que foi completamente reconstruída e teve o número de vagas ampliado após a reforma.

Sobre as ações, o prefeito ACM Neto lembrou que este é o maior volume de obras que já aconteceu na educação de Salvador. “A educação tem que ser prioridade na prática. Este ano, estamos colocando R$100 milhões a mais do que seria a obrigação da Prefeitura para investimento no setor. É só investir em educação que melhoramos o presente da cidade, por isso a Prefeitura está firme nesse propósito”, apontou, relatando ainda que o Programa Combinado, lançado este ano, possui um conjunto de ações em todas as áreas no intuito de melhorar a qualidade de ensino e aprendizado no município.

Acordada entre moradores, corpo técnico e a Prefeitura, a demolição da Escola Municipal de Periperi foi realizada devido às precárias condições do prédio que fazia parte do antigo centro educacional do bairro (pertencente à Campanha Nacional de Escolas da Comunidade). As condições de drenagem do terreno aceleraram o processo de deterioração. Tradicional no bairro, a unidade atende a mais de 800 alunos dos segmentos Pré-Escola, Fundamental I e II e Educação de Jovens e Adultos (EJA) I e II.

A aluna Luana Carla Muniz, do 5º ano, lembrou as antigas condições do imóvel. “Tinha um bocado de defeitos como infiltração, o esgoto enchia e inundava tudo principalmente quando chovia. Há muito tempo queríamos uma nova escola. A expectativa agora é de ter um lugar melhor para todos estudarem”, afirmou. Emocionada, a diretora Marli Bispo ressaltou que foi mais seguro para todos fazer a demolição agora. “Enquanto isso, os alunos foram relocados para um imóvel próximo daqui, na Travessa Ambrósio Calmon, que foi locado e adaptado pela Prefeitura para recebê-los durante esse período.”

De acordo com o secretário Guilherme Bellintani, o projeto de reconstrução da Municipal de Periperi já está finalizado e a licitação para contratação da empresa que executará a obra será lançada em novembro. “Esta é uma antiga reivindicação da comunidade, que ansiava há muito tempo por uma nova escola.”

Nova e ampliada – Já a Escola Municipal Manoel Faustino, em Itacaranha, era só festa com a entrega da unidade após processo de reconstrução que, com a ampliação do espaço, possibilitou também o aumento de 200 para 500 vagas dos segmentos Fundamental I e Educação Infantil nos turnos matutino e vespertino. A cerimônia contou com a leitura um texto de agradecimento e do juramento pelas alunas Carla Reis e Stephanie Santana,

O investimento foi de R$ 3,5 milhões e, além de dez salas de aula, o local ganhou espaço para atendimento aos alunos com algum tipo de deficiência, sala de leitura, cozinha para preparação de merenda escolar e refeitório, um depósito para alimentos e outro para materiais diversos, sanitários, guarita de segurança e área de lazer coberta, entre outras estruturas. A escola conta ainda com quadra poliesportiva e toda a estrutura para acessibilidade.

A diretora Ozana Rosário salientou que a estrutura antiga era bastante pequena e a reconstrução da unidade reflete uma atitude de respeito à Educação, aos professores e aos alunos. “Dá condições de trabalho e de aprendizagem para todos da comunidade. Nós agradecemos à Prefeitura por esse olhar e por tratar dessa maneira a Educação, pois é a base fundamental da nossa cidade. Afinal de contas, não existe desenvolvimento sem Educação.”

Foto: Betto Jr. / Ag. Haack