pinflix yespornplease porncuze.com porn800.me porn600.me tube300.me tube100.me watchfreepornsex.com

Taça da Copa do Mundo encanta alunos da rede municipal

30 de abr de 2014 - dev

Quando a Seleção Brasileira conquistou o pentacampeonato mundial em 2002, Tailan Gomes tinha apenas meses de nascido. A cena do então capitão Cafu beijando a taça da Copa do Mundo da FIFA daquele ano foi conhecida apenas através de fotos ou imagens na televisão. No entanto, às vésperas do mundial ganhar os gramados brasileiros, o garoto não só já viu o troféu como também já foi fotografado ao lado dele na manhã desta quarta-feira (30), ao visitar o Tour da Taça, no estacionamento do Salvador Shopping.

Aluno da Escola Municipal Ivone Vieira Lima, Tailan vibrou com a oportunidade. “Foi uma experiência boa, nova e diferente. O que mais me emocionou foi tirar foto ao lado da taça”, disse. O garoto participa também de uma escolinha de futebol no bairro de Águas Claras e prometeu que, ao chegar em casa, a primeira coisa que faria era mostrar o registro aos pais.
Esse foi o clima que envolveu cerca de 900 estudantes de 18 escolas municipais, com idades entre 11 e 13 anos, que participaram da atividade articulada pelo Escritório Municipal da Copa do Mundo (Ecopa) com a Coca-Cola e a Secretaria Municipal da Educação (Smed). A supervisora da Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico (Cenap/Smed), Paula Teles, reforçou a importância de um projeto deste porte. “Essa ação veio agregar ao projeto “Salvador Protege o Gol”, iniciativa que envolve futebol e Copa do Mundo nas escolas municipais e que tem atraído a atenção dos alunos”, destacou.

O ex-jogador baiano e campeão da Copa do Mundo de 1994, Bebeto Gama, foi o responsável pela apresentação da taça em Salvador. Ao receber o secretário do Ecopa, Isaac Edington, no fim da manhã de hoje, Bebeto ressaltou a importância da capital baiana ser uma das cidades-sedes da competição. “Na primeira fase os jogos mais importantes serão realizados aqui”, salientou.

Já o vice-presidente e gerente da Cola-Cola Brasil, Michel Davidovich, citou que, em todas as 27 capitais brasileiras, a presença de alunos de escolas públicas está garantida. “É bacana ver as crianças entrando aqui muito felizes e saindo super animadas e emocionadas. É um componente muito relevante do nosso evento”, finalizou.