OUTUBRO ROSA: PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMA

Vencedores do concurso sobre sustentabilidade são premiados

20 de ago de 2014 - dev

Mais uma semente para ajudar na sustentabilidade de Salvador foi plantada pela Câmara Municipal com a premiação dos estudantes vencedores do Concurso de Redação Pequenas Ideias, Grandes Mudanças, promovido pela Câmara Municipal de Salvador (CMS), em parceria com a Secretaria Municipal da Educação (SMED). A solenidade de premiação aconteceu na manhã desta quarta-feira (20), no Centro Cultural, com a presença do presidente da Casa, vereador Paulo Câmara (PSDB), e os secretários municipais Jorge Khoury (Educação) e André Fraga (Cidade Sustentável).

Os estudantes da rede municipal de ensino Everton Santos Moreira (Escola Municipal da Palestina), Nalanda Mangabeira Sena (Escola Municipal 2 de Julho) e Paulo Ricardo Nascimento Miranda (Escola Municipal Joir Brasileiro) foram os autores das redações premiadas. Cada vencedor recebeu um tablet. Mais dez redações foram selecionadas, por menção honrosa, e fizeram parte do livreto distribuído na solenidade. Professores e as escolas dos premiados receberam certificados.

O presidente Paulo Câmara disse que estava muito feliz com o sucesso de um “projeto embrionário”, que deverá ter continuidade e ser ampliado, estimulando novas participações. “Que cidade nós queremos?”, perguntou, destacando a importância do papel da Câmara de Salvador, do Executivo Municipal e de todos os cidadãos na construção de uma cidade melhor. Parabenizou o envolvimento de todos os evolvidos, além de alunos, professores, coordenadores e diretores das escolas, fazendo questão de frisar que sua mãe é professora municipal.

Para o secretário André Fraga, diante do advento da internet, em que a informação é curta e rápida, essa atividade estimula os jovens a produzirem conhecimento a partir da informação. “Desenvolve o pensamento de forma sintonizada com a construção de uma cidade sustentável, o que requer uma mudança de paradigma e precisa da participação das novas gerações”, avaliou.

O titular da Educação, Jorge Khoury, parabenizou o concurso envolvendo os alunos do Ensino Fundamental II. “Buscamos um planeta sustentável, uma vida saudável e mobilidade em todos os sentidos. E os jovens são fundamentais para levarem esses exemplos para dentro de casa”, disse, citando um episódio em que a filha o aconselhou a economizar água ao fazer a barba.

Alegria dos vencedores

“Eu esperava ficar entre as três redações vencedoras”, confessou confiante a pequena Nalanda Mangabeira, 12 anos. Ela disse que antes de escrever a redação pesquisou sobre sustentabilidade na internet. “Nunca vou esquecer essa data”, assegurou sorridente e abraçada ao tablet. O mesmo contentamento foi externado por Everton Moreira, 14 anos: “Eu não esperar vencer, estou muito emocionado”.

Após a solenidade, foi apresentado o vídeo educativo “O futuro que queremos”, mostrando o que devemos fazer para a sustentabilidade do planeta. Em seguida, os jovens Will Araújo, Kell Goes, Iara Strik e Igor Pablo, da Companhia de Teatro Herdeiros de Angola do Teatro Plataforma, fizeram uma performance com base na cartilha Meio Ambiente e Cidadania, do cartunista Cedraz.

Também participaram da solenidade de premiação, integrando a mesa de trabalho, os membros da comissão julgadora: César Rasec (assessor de comunicação da Câmara), Maria Clara da Luz Vasconcellos (professora da Rede Municipal) e Isaías Vasconcelos (professor e integrante da Secretaria Cidade Sustentável). As secretarias municipais de Educação e Cidade Sustentável foram parceiras da Câmara no concurso de redação.

Menção honrosa

Receberam menção honrosa as redações dos estudantes Alana de Santana Gonçalves, Alef Santos Moreira, Daniel da Cruz Conceição, Janaína Hanna Fernandes Silva, João Paulo Santos Barbosa, Mariane dos Santos Silva, Hévila Oliveira A. Silva, Samara da Conceição Gomes, Taís Bispo Figueiredo Azevedo e Wagner Silva Santos.